Pesquise artigos do blog:

quarta-feira, 18 de maio de 2011

A BELEZA DO AMOR - UM MORTAL E SUA ANJA

A BELEZA DO AMOR - UM MORTAL E SUA ANJA


A BELEZA DO AMOR


            Hoje eu vi a beleza, eu senti a beleza.
            Eu estava dentro da beleza, ela em mim.
            Num só amor estávamos entregues.
            A beleza do amor não pôde conter-me, enfim.

            Hoje eu vi o amor, eu senti o amor, eu fui amor.
            Amei e me amou este amor. Ela é amor e paixão.
            Excitação, intensidade, corpo, pele e coração, suor,
            Lágrimas, tesão. Cheiro que me faz perder a razão.
           
            Hoje eu me entreguei a beleza do amor, ela é o amor.
            Ela é a beleza, a paixão, nela me perco e me encontro,
            Indelevelmente a beleza do amor faz de dois, um.
            Eu e ela, a sós, eu, entorpecido pelo amor, ouço um canto.

            Um canto que me conduz ao céu, ela me leva ao céu.
            Leva-me, quero me entregar à beleza de seu amor.
            Não! Entregue já estou. Sou teu, és minha, nada mais.
            Eu e você, dois em um. Entregues a beleza do amor.

            Sou teu, és minha. Dois em um, sonho ou realidade?
            Sou teu és minha só minha e pra sempre só minha!
            Isto ninguém mais pode me tomar, és minha, nada mais.
Indelével sentimento que entrega-nos, você e eu a beleza do amor.

            Anderson Luiz de Souza


Para minha amada esposa, Rozana, a Anja_Arcanja.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...