Pesquise artigos do blog:

terça-feira, 24 de maio de 2011

"De volta à terra"


A noite cai escura, o silêncio  faz-se presente com a lua
deito-me cansado dum dia longo e o sono pesado se abate sobre mim
o tempo caminha lentamente quando de  repente um vulto espreita no quarto
antes que eu perceba sinto o calor perfumado dum corpo feminino 
enquanto asas enormes macias cobrem-me, e logo elevam-me pelo ar
sinto o frio  lá fora trespassante à medida que subo em direcção às estrelas
já suspenso nas nuvens celestiais consigo perceber o rosto duma anja formosa e carente
que me despe freneticamente com as suas mãos delicadas 
deita-me nu  e acariciando-me com o seu corpo escaldante 
todos os meus sentidos são despertados pelos seus lábios úmidos
a excitação surge e sinto meu intimo ser engolido pelo próprio prazer 
começo a contorcer-me extasiado por tamanha sensação
o clímax aproxima-se, a explosão parece ser inevitável 
quando de repente sou precipitado de volta para a terra
e caio suavemente  na cama de onde parti antes.
o dia aparece, o sol ainda tímido já ouve os sons dos pássaros
acordo e sinto os lençóis molhados, afinal foi tudo um sonho 
mas ao meu lado encontro uma pena branca perfumada
duma anja que por momentos me levou ao céu 
e logo trouxe-me de volta à terra...


Autor: "alnónimo"

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...