Pesquise artigos do blog:

sexta-feira, 20 de maio de 2011

VÔOS...



VÔOS...


Embora tenham sido perturbadores, ainda enxergo o exuberante sorriso.


Não sei como, mais lhe cai sempre como que completando.


Poesia?


Para quê?


Não te basta o espelho?


A cada estrófe, se sorve de vinho mais puro.


A cada verso, palmo e meio da mais pura alegria,


Poesia?


Para quê?


És letra e a música música completa!






De resto? Fino aroma de carinho !


Fique em paz!


Dorme em mim para sempre os sonhos




de ter voado tão alto e tão graciosamente


conduzido entre nuvens que jamais


se decifrarão, nem ao vento, nem ao tempo
beijo

peaodestancia


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...