Pesquise artigos do blog:

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Oração. Uma inquieta oração. (By Bruno de Assis Oliveira)




"E quando orardes não sejais como os hipócritas, porque eles gostam de fazer oração pondo-se de pé nas sinagogas e nas esquinas, a fim de serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo: já receberam sua recompensa.

Tu, porém, quando orares, entra no teu quarto e, fechando a tua porta, oraa teu Pai que está lá, no segredo: e teu Pai que vê no segredo, te recompensará.

Nas vossas orações não useis de vãs repetições, como os gentios, porque imaginavam pelo palavreado excessivo que serão ouvidos.

Não sejais como eles, porque vosso Pai sabe do que tendes necessidade antes de lho pedirdes."

(Mateus 6: 5 à 8)


.
Abba,

Orar não é fácil. Quando "entro no meu quarto" e "fecho a porta"...procuro observar o movimento íntimo do meu coração, das minhas orações, dos desejos...mais uma vez percebo como ando bagunçado, com a alma gritante e uma mente que se perde nas frases, nas palavras...

(Me lembro de Hamlet...palavras, palavras e palavras...)

Amado, essa "capelinha", esse frágil corpo é Teu. Enquanto não consigo balbuciar uma palavra coerente, verdadeira e nada confusa à Ti, Verbo Encarnado, minha "oração" é esse ser confuso, um íntimo rebelde e essa mente bagunçada.

Também não consigo me apegar ao silêncio, a quietude...Grande Silêncio. Envolva-me com o teu manto e que pela palavra ou pelo silêncio, todo o meu ser seja dirigido à Ti.

Tira da minha boca todo palavreado excessivo, toda verborragia inválida...esvazia-me de mim mesmo, ponha o Teu sangue nas minhas veias.

Traga-me em mim um espírito mais intercessor, que a oração não fique voltada somente para o meu umbigo.

Oro, para que eu conheça,

me surpreenda

e ame com toda intensidade...

...o Pai,

O Filho, Jesus Cristo, Senhor Nosso,

e ao Santo Espírito que habita em meu peito. Santo Espírito, o Deus "tímido".

Amém


Bruno de Assis Oliveira

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...