Pesquise artigos do blog:

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Sexo oral é pecado?



inclinação da carne é morte. Referindo-se aos frutos da carne que estão em Gálatas 5:19-21: "Ora, as obras da carne são manifestas, as quais são: a prostituição, a impureza, a lascívia, a idolatria, a feitiçaria, as inimizades, as contendas, os ciúmes, as iras, as facções, as dissensões, os partidos, as invejas, as bebedices, as orgias, e coisas semelhantes a estas, contra as quais vos previno, como já antes vos preveni, que os que tais coisas praticam não herdarão o reino de Deus". Nada tem a ver com o relacionamento sexual de um casal. Ou iremos todos aderir ao celibato dos padres, para não cumprirmos as "vontades da carne"??? O sexo oral tem sido, por alguns cristãos, abominado como um pecado mortal. Mas porque? Qual a base bíblica para tal proibição?? Estaríamos diante de uma real santificação, ou de um extremo fanatismo que enxerga as formas de carícias como pornografia e "pecado"?


A pornografia tem deturpado o verdadeiro significado do sexo, a verdadeira imagem de uma relação sexual sadia. Quando falamos em sexo oral, a primeira coisa que vem a mente da maioria das pessoas são as imagens repugnantes já vistas em revistas ou filmes pornográficas. É certo que não iremos, em nome da liberdade, fazermos "de tudo", mas se mantivermos o sexo numa relação de eterna monotonia, sem suas carícias, cairemos numa terrível decepção e frustração, achando que servimos a um Deus que "proíbe tudo", até mesmo depois de estarmos casados. Quem ama a sua esposa, ou esposo, acha nela ou nele a sua beleza, e jamais sentirá condenação em colocar a boca em qualquer parte do seu corpo, pois os dois já são uma só carne! Se não há base bíblica para proibir o sexo oral, isso não se oriunda de falsos moralismos, hipocrisia de pessoas que não conhecem a bíblia, dos achismos pentecostais que criam, sob línguas estranhas (algumas muito estranhas mesmo), falsas revelações, que ao invés de promoverem edificação só trazem confusões e intrigas?!

"Pela hipocrisia de homens que falam mentiras, tendo cauterizada a sua própria consciência, proibindo o casamento e ordenando a abstinência dos manjares que Deus criou para os fiéis e para os que conhecem a verdade, a fim de usarem deles com ações de graças". (1 Timóteo 4:2,3)

Uma das desculpas dos que acham o sexo oral um pecado, é que a "sua boca é para louvor e adoração ao Senhor", e não para "essas coisas". Se a boca é somente para orar, louvar e pregar, não vai se alimentar mais? Realmente os nossos lábios são mesmo para louvor e adoração ao Senhor, assim como todo o nosso corpo é templo do Espírito Santo. Se sexo oral é pecado, e a bíblia não menciona, o que dizer do beijo na boca? A bíblia também não menciona! É pecado?? Se essas pessoas alegam que a boca é para louvor e adoração, eles beijam a esposa na boca? Porque?? Porque é permitido o beijo na boca (uma forma de carinho que não deixa de excitar, dependendo da ocasião) e não é permitido o sexo oral?!

Se a boca é para pregar, orar e glorificar, e as MÃOS? Não são utilizadas para ungir? Para impor as mãos sobre os enfermos? Para orar pelos irmãos? A esposa não pode mais ser acariciada? A esposa não vai mais acariciar o seu esposo?? Vão fazer sexo como dois animais? Só encostam e pronto?

É difícil entender algumas proibições de alguns irmãos, que, movidos pela emoção de "santificarem" tudo, criam heresias e achismos, frutos da falta de conhecimento bíblico, muitas vezes movidos mesmo por invejas, ciúmes, pelo velho "ouvi dizer", e etc. Ao fim de tudo, a vida cristã vai se tornando um "fardo pesado" onde "não pode isso", "não pode aquilo", sem nenhum mover de Deus, e somente proibições, censuras, que criam mais apostasia, do que o crescimento do Reino de Deus. Ao invés de pregarem o Evangelho (ordem do Senhor Jesus: "Ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura". Marcos 16:15) querem pregar outro evangelho. Um evangelho cheio de legalismos, onde se vê sexo como pecado e coisa suja. Esse não é o evangelho do Senhor Jesus Cristo. O Evangelho do Senhor Jesus Cristo é aquele em que as pessoas são livres, e são tocadas por Deus, e não pelo homem, para abandonar práticas que considerem pecado. E com base nas Escrituras.

Se alguém ensina alguma doutrina diversa, e não se conforma com as sãs palavras
de nosso Senhor Jesus Cristo, é soberbo, e nada sabe?. (1 Timóteo 6:3)

"Se, pois, estais mortos com Cristo quanto aos rudimentos do mundo, por que vos carregam ainda de ordenanças, como se vivêsseis no mundo, tais como: não toques, não proves, não manuseies? As quais coisas todas perecem pelo uso, segundo os preceitos e doutrinas dos homens; as quais tem, na verdade, alguma aparência de sabedoria, em devoção voluntária, humildade, e em disciplina do corpo, mas não são de valor algum senão para a satisfação da carne". (Colossenses 2: 20-23)

"Fugi dos escribas, que gostam de andar com vestes compridas" (Marcos 12:38)


Denis de Oliveira é Pastor-Missionário pela World Missions Comunity, USA,
Pastor-Presidente das Assembléias de Deus - Minist. Poder de Deus, RJ,
Coordenador da AEERJ - Associação de Evangélicos do Estado do Rio de Janeiro, Bacharel em Teologia pelo IBVE

Fonte: www.pranselmomelo.com.br


 Opinião do blog Mundo Da Anja:

Sexo... esta palavra assusta há muitos, mas nem mesmo entre solteiros vejo como sendo pecado! 
O fato é que o tema (sexo em todas as suas nuanças), ainda preso aos conceitos da idade média, é evitado pela igreja e consequentemente pela família, só vindo a luz quando o filho engravida a namorada ou a filha engravida do namorado, infelizmente esta é a realidade.
Portanto, masturbação não é e nem nunca foi pecado. E o sexo (tanto oral como anal), quando feito com carinho, amor e desejo entre pessoas que se amam (mesmo entre solteiros), também nunca foi nem nunca será pecado.

4 comentários:

Pr. Cesar disse...

Tem irmãos que preferem mentir, falar mal dos outros e cuspir no chão...

Franklin Rosa disse...

Sexo oral é bom demais minina!!! Somente o religioso que tenta se mutilar é que nega esse prazer! Azar o deles...

Anja_Arcanja disse...

Amado Franklin, é um prazer ter vc aqui em meu mundo!!!

Sou sua admiradora a adoro estar no seu mundo (conexão da graça).

Sim!!! SEXO ORAL É TUDO DE BÃO! E não é só o sexo oral qui é bão não viu?? rsrsrs sexo é bão e bão dimais da conta sô!

Eu e meus esposo gostamos de sexo em TODAS AS SUAS NUANÇAS! hahaha


Muito obrigada pelo carinho

Minhas outras abordagens neste tema que os religiosos tanto temem estão neste link confira:

http://omundodaanja.blogspot.com/search/label/SEXO

RODRIGO PHANARDZIS ANCORA DA LUZ disse...

Se é "pecado"? A princípio, entendo que não e nem quero ficar esquentando meus neorônios se a prática condiz ou não com a Bíblia. Prefiro superar esta fase e analisar a questão consciencialmente e sob o aspecto da orientação sexual.

Diferente do sexo anal, coisa que não recomendo (acabei de me manifestar na postagem sobre este assunto), vejo o sexo oral com bons olhos. Principalmente a estimulação feita pelo homem no órgão genital feminino.

Pra mim, o sexo oral não deve ser um fim em si mesmo. Ele se torna prazeiroso quando se torna parte da relação, quando é incluído nas preliminares do casal já que o homem não deve "meter" a seco seu pênis porque só vai proporcionar dores à sua parceira e não prazer. E, sendo assim, o sexo oral não somente ajuda a mulher a se excitar, como também a se entregar melhor para o ato sexual penetrativo.

Além do mais, se Deus fez as mulheres dotadas de um maravilhoso órgão chamado clitóris, por que não estimulá-lo? E, neste caso, não vejo nada de errado se, durante o sexo oral e algumas carícias, a mulher alcance o orgasmo clitoriano. E, diferente dos homens, um orgasmo desses não significa que tirou o pique da mulher para "mais outra" com seu companheiro.

Já em relação aos homens, penso que receber o sexo oral como finalidade em si mesma já não fará bem. Não acho que seja prazeiroso para o homem "gozar fora". Pois assim ele não satisfaz nem a sua companheira e nem a si mesmo. Contudo, se o sexo oral ajudar na estimulação do pênis, facilitando a excitação sensitiva e a ereção, com a finalidade de se praticar um ato penetrativo posterior, acho que até vale a pena.

Enfim, não vou aqui discutir o tema a luz do que é e o que não é pecado. Prefiro que possamos trocar experiências sobre o que seria melhor. Em setembro do ano passado, escrevi no meu blogue este artigo: "O sexo como entretenimento do casal". Manifestando-se sobre o que coloquei , o Franklin Rosa deu até esta excelente cotnribuição com seus comentários, mencionando um trecho do Shir ha-Shirim (Cântico dos Cãnticos):

"A tua estatura é semelhante à palmeira, e os teus peitos aos cachos de uvas.
Dizia eu: Subirei à palmeira, pegarei em seus ramos; e, então, os teus peitos serão como os cachos na vide, e o cheiro da tua respiração, como o das maçãs"
(Ct 7.7-8)

"Seios ou peitos são comparados a uva. Minha pergunta é: UVA SERVE PRA QUE?! CREIO QUE PARA CHUPAR E COM TODO GOSTO", assim considerou o nosso nobre colaborador.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...