Pesquise artigos do blog:

domingo, 16 de outubro de 2011

Perdi a fé em "deus"


Atenção! Atenção! O texto a seguir, contém idéias muito fortes e provocativas, portanto se você não quiser perder a sua fé ingênua e tradicional dos evangélicos, não leia o texto abaixo.



Perdi a fé em “deus”........ Parcial, do tipo que dá emprego, carro, dinheiro e casa para os fieis em quanto deixa milhões morrerem de fome. Que favorece seus escolhidos, dando vantagem sobre os outros mortais. Facilitando a vida de quem o serve. Que em troca da fé, compensa a falta de competência, dando um empurrãozinho, fazendo - por exemplo - os seus fieis passarem no vestibular.

Perdi a fé em “deus” ........ Local, que dá livramentos de assaltos e acidentes mas não impede uma tsunami que mata milhares.

Perdi a fé em “deus” ........ Medíocre, que cura dor de cabeça, nariz e cotovelo, mas não cura amputados, crianças com síndrome de down.

Perdi a fé em “deus” ........ Determinista, que manipula tudo e a todos. Que orquestra todos os acontecimentos. Que micro e macro gerencia todos os eventos no universo.

Perdi a fé em “deus” ........ Que destinou na eternidade passada, alguns eleitos para o céu, em quanto a grande esmagadora maioria para queimar nos infernos.

Perdi a fé em “deus"........ Vingativo, assassino, carrasco e cruel que cobra desempenhos, sacrifícios e penitências em troca de favores. Que persegue o homem com maldições, esperando uma falha para castigar.

Perdi a fé em “deus” ........ Bobalhão, que está a serviço do homem, que recebe ordens. Facilmente manipulado, que é preso por correntes (campanhas) de oração.

Perdi a fé em “deus” ........ Passivo e inerte, que precisa de um empurrãozinho, para poder agir, porque é débil no seu amor.

Perdi a fé em “deus”, com “d” minúsculo e entre aspa, que foi e é, cultuado na cultura evangélica, mas que não condiz com o Deus revelado nas escrituras e principalmente em Cristo. Um “deus” pagão, que nada mais é, do que uma projeção da imagem do próprio homem.

O homem vê em "deus" a sua própria imagem, ou seja, se ele (homem) é mesquinho, ele vê um “deus” mesquinho. Se ele (homem) é um interesseiro, que só ajuda quem merece, ele projeta em “deus” está imagem. Ou seja, que “deus” só ajuda quem merece. (quem faz campanhas intermináveis de oração, por exemplo)

Perdi a fé em “deus” ........ Mas nem tudo está perdido!!! Alias, algumas coisas para nós ganharmos, antes é preciso perder. Perdi a fé nesse “deus” que os evangélicos vêm propagandeando, por que se mostrou incoerente e incompatível com a realidade da vida.

Mas ganhei outra fé, que está dia a dia sendo re-significada, tendo como chão (base) a pratica (existência) da vida humana. Por esta fé, estou entusiasmado.



Ganhei a fé em Deus........ Solidário com a raça humana, que morreu na cruz, sofrendo as injustiças e as dores da humanidade. A mais fabulosa de todas as noticias é que; a nossa dor dói em Deus.

Ganhei a fé em Deus........ Imparcial que ama a todos incondicionalmente, pai de todos, que abençoa a todos, sem olhar para classe social ou religiosa. Um Deus que faz com que, sol e chuva venham sobre bons ou ingratos.

Ganhei a fé em Deus........ Global que, se agir livrando alguém de assalto, livra também do tsunami. O que não podemos fazer é, crer em um possível livramento de assalto ou testemunharmos que Deus abriu-nos uma porta de emprego, e fecharmos os nossos olhos para a realidade cruel do mundo.

Ganhei a fé em Deus........ De milagres, seria insano não acreditar em milagres, mas no entanto não devemos nem buscar e muito menos esperar por milagres. Explico: Como posso orar para Deus curar uma febre ou dor de cabeça, em quanto tem milhões morrendo de AIDS, ou no mínimo piores do que eu? Só pelo fato de ser solidário com a raça humana, o Cristão consciente, não deve buscar alivio para suas dores. Alias, todo verdadeiro Cristão deveria fazer um pacto com Deus, o de pedir bênçãos que sejam universais. Exemplo: Porque ao invés de pedir uma cura individual, não pede pra que Deus de sabedoria aos médicos pra que encontre cura e todos seja beneficiado? Em relação á não esperar por milagres, é que os milagres são raros, ou seja, são exceções do sobrenatural misterioso do agir de Deus. Não devemos organizar nossa vida entorno de um possível milagre, por que as chances de nos frustramos é grande.

Ganhei a fé em Deus........ Esvaziado, não somente em Cristo, mas no ato da criação. Por nos amar, Deus decidiu soberanamente abrir mão do poder de controlar tudo e a todos, e nos concedeu total liberdade. Todo sofrimento é o preço pago por nossa liberdade.

Ganhei a fé em Deus........ Que morreu para salvar a todos, não somente os escolhidos. A lógica é a seguinte: Se a bíblia diz que Deus deseja que todos sejam salvos, e se ele destinou pessoas para o céu e outras para o inferno, porque ele não destinou todos para o céu? Ou a bíblia cometeu um grande erro, e está se contradizendo (o que eu não acredito) ou, erro de interpretação e de conceito. (que é o que eu acredito)

Ganhei a fé em Deus........ Amoroso, que persegue o homem sim, mas com o seu grande amor. Que nos entende e está pronto a nos perdoar.

Ganhei a fé em Deus........ Além de Deus, que ninguém o pode controlar, manipular.

Ganhei a fé em Deus........ Da graça, que tudo o que nos deu ou vai nos dar, não é proporcional ao tamanho do nosso mérito.

Assim me despeço de uma fé infantil – que jogava para Deus, o que é da responsabilidade humana. (Como conseguir um emprego, passar no vestibular e outras coisas) De uma fé que gera alienados, gente covarde, que tenta através de Deus, fugir e ou se esconder da realidade da vida.

Enfim, uma fé alucinatória, que fecha os olhos para o sofrimento humano, eu não a quero nunca mais. Fé pra mim é muito mais do que um mecanismo para arrancar coisas de Deus, é coragem para enfrentar a vida, com tudo que ela vier.

Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém.


Fonte: Um Outro Evangelho

9 comentários:

BeA disse...

Interessante, mas equivocado em algumas áreas. Por exemplo, "Ganhei a fé em Deus... Imparcial que ama a todos incondicionalmente, pai de todos, que abençoa a todos, sem olhar para classe social ou religiosa. Um Deus que faz com que, sol e chuva venham sobre bons ou ingratos". Como você lida com versículos que falam o oposto: Deus não ama a todos, segundo Sl. 5.5 e 11.5. Deus não é pai de todos, segundo 1 Jo. 3.1O. Deus não "abençoa a todos" - muitos estão condenados e sob a Sua ira [Jo. 3.18, 36]. Quer dizer, o budista, o mórmon, o espírita, etc. estão sob a ira de Deus; portanto, Deus, sim, olha para classe religiosa.

Você parece inconformado com o Deus da Bíblia, criando na sua mente um "deus" segundo sua própria imagem. Saiba que esta forma de idolatria é tão repugnante para o Deus da Bíblia quanto esculpir imagens [Ez. 16.36]. Cuidado. Ou melhor, seja convertida de verdade. Com certeza uma pessoa que pensa desta forma não tem um novo coração, uma ficha limpa e o Espírito de Deus [Ez. 36.25-27]! "Examinem-se para ver se vocês estão na fé..." - 2 Co. 13.5

Anja_Arcanja disse...

Olha BeA, eu publiquei em meu blog um texto que sugere cinco conselhos para pregadores, penso que pode ser bom pra voce! Talvez se vc ler mais artigos em meu blog consiga alcançar um pouco do que penso, não cabendo aqui eu ficar esmiuçando detalhes de minha crença.

Fico agradecida por voce se preocupar com minha "conversão de verdade" e em nada me surpreendo com este tipo de julgamento, pois é comum ver-mos no seio da igreja "crentes" que se dizem donos deste atributo, o de julgar a fé e conversão alheia. Engraçado isto né?

Não se prenda a apenas um artigo, mas leia com mais afinco meu blog, tenho certeza que voce conseguirá perceber além do que se está escrito!

Grata, paz!

Anja

BeA disse...

Anja: Primeiramente, eu não vou gastar meu tempo num blog teologicamente se liberalisando. Ficou óbvio que você e seu marido estão caindo cada vez mais no liberalismo, promovendo o Teísmo Aberto e cada vez mais abandonando a visão bíblica de Deus: [amoroso, gracioso e misericordioso] + [santo, justo e irado].

Só mais uma coisa: Julgar é o dever de cada crente, especialmente em relação às heresias e hereges [como Gondim] em nosso meio. Tal "julgamento" foi o motivo principal das cartas de Pedro, João e Judas, sem falar em Gálatas de Paulo.

Concordo que há muito de errado no meio evangélico brasileiro, sem falar na origem da heresia da prosperidade - a Igreja neo-pentecostal norteamericana. Porém, jogar fora essa heresia junto com uma visão bíblica e reformada só deixa restar uma outra heresia ou heresias para assumir seu lugar, como o teísmo aberto de Gondim, da teologia liberal dos emergentes [inclusive a abolição do castigo eterno, do universalismo - Rob Bell, Brian MacLaren, Ed René Kivitz, etc.] ou um "evangelho" meremente terapéutico [Ex: Brennan Manning; a exaltação da Psicologia nas igrejas].

Obrigado por me "iluminar" mais a respeito de com quem estava lidando.

Anja_Arcanja disse...

Vou colar aqui parte de seu comentário para te responder ok?

"Obrigado por me iluminar mais a respeito de com quem estava lidando."

Sabia que voce chegaria a esta constatação óbvia!

"Anja: Primeiramente, eu não vou gastar meu tempo num blog teologicamente se liberalisando."

Não gaste! Grata por isto! Esta é a vantagem da net: SE ENTRA ONDE SE QUER!


Anja

Roberto Anjos Freitas disse...

Primeiramente não concordo com o BeA provavelmente não pode dizer seu nome mas vamos lá. Gostaria de agradecer ao Eterno pelas coisas que leu aqui, a fé da forma mais pura e intensa é inexplicável, como a mulher que faz relação aos caeszinhos buscando migalhas que caem da mesa, Zaqueu que abriu mão de tudo e restituiu quatro vezes mais do que "roubou" e outros exemplos de fé. Ninguém precisa de pessoas dizendo como fazer ou como não fazer as coisas, se alguém lê que posso todas as coisa naquele que me fortalece e pula de um prédio de dez andares crendo que o Altíssimo o fará pousar em segurança a fé dele é menor ou melhor que a minha? Fico indignado com pessoas que acha que a fé verdadeira é aquela idealizada por pessoas que odeiam pessoas. Que não aceita o conceito de que cada ser é um indivíduo, e pensa e se expressa da maneira que quer, sou contra essa forma de fé, não vejo ninguém ou denominação que busca tirar da rua drogados, mendigos, prostitutas e outros tipos de pessoas que posso citar sem problemas como homossexuais, não vejo campanhas para que os homossexuais frequente igrejas tradicionais como a Batista e a Assembléia do Pastor Silas malafaia, e por aí vai, meu querido eu pensava esta forma até eu parar e olhar para o meu próximo, muitos dos que hoje são "abominações" para o Senhor que criou os céus e a Terra, o Busca como muitos crentes não o fazem, pois colocam o Todo poderoso contra eles e isto não Justo, aconselho a ler outros blogs com de satanistas, homossexuais, mórmos e outros, com certeza vai ver a sede deles pelo Deus verdadeiro e não um bonitinho que só aceita orações e adoraçoes de pessoas remidas e lavadas no sangue do cordeiro, são caeszinhos querendo a migalha que caem no chão, que os ricos e poderosos Evangélicos deixam cair. Querida Anja muito bom o artigo que voce postou. É mesmo assim queremos o Altíssimo da nossa maneira e não como Ele o é. Esquecemos o texto que diz que a sua misericórdia se renova e que é o motivo de não sermos consumido fora isso é papo furado de Teólogos que só veem a fé católica dos seculos passado, e não dá a oportunidade das pessoas errarem por suas escolhas, com certeza o Altíssimo não ceita a libertinagem, mas com certeza também com o julgamento aleio também não Ele é juiz justo e com certeza faz justiça a quantos Ele quer, PS não me venha com versículos chaves para me contestar não uso texto para alicerçar a minha fé busco todo o contexto tando histórico, cultural, local e principalmente no Amor que corrige e dá oportunidade de se defender.

Anja_Arcanja disse...

Roberto, obrigada pelo seu comentário querido...

Bjux da Anja

Fabio Valle disse...

O deus da bíblia não existe, ter fé não o faz existir. Interpretar a bíblia e humanizar deus é o maior erro de todos. Deus não fica triste, não se alegra e não chora e não mente. Um monte de ignorantes, analfabetos, sem vontade aprende tendo a pretensão de interpretar a bíblia tudo isto são as religiões cristãs.

Anja_Arcanja disse...

Bom Fábio, não quero crer que voce esteja me tomando por pretensiosa e analfabeta.

Anônimo disse...

Amei tudo o que você escreveu,muita coragem e muita determinação de sua parte,em quase tudo eu concordo contigo,os evangélicos quase conseguiram me enlouquecer,eles sempre nos culpam pelos nossos infortúnios e sofrimentos ,sempre a culpada sou eu!? Gente,eu nem pedi pra nascer!Bem que Deus e Jesus Cristo te protejam,eu os vejo de uma forma diferente dos evangelicos,mas hoje eu penso que a fé é verdadeiramente algo pessoal é uma coisa maravilhosamente sua,ninguém sabe de absolutamente nada,o pior é aguentar os arrogantes que acreditam que sabem de tudo. um abraço Jussara

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...