Pesquise artigos do blog:

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

VICTOR ORELLANA "Sou pastor e sou gay" (entrevista a revista época)

Victor Orellana
Teólogo diz que há assédio nas igrejas e que parte do preconceito contra homossexuais se deve a traduções erradas da Bíblia


A Igreja Metodista está entre as mais tradicionais denominações protestantes. A Assembléia de Deus é famosa como uma das mais rígidas - muitos pastores ainda recomendam aos fiéis que não assistam à televisão e às mulheres que não usem calças para não ressaltar os quadris. O chileno Victor Ricardo Soto Orellana, de 31 anos, foi criado numa família metodista em São Paulo e ordenado pastor na Assembléia de Deus. Formado em teologia e pós-graduado em ciência e religião, já deu aula em três seminários. O que o diferencia da grande maioria dos religiosos é que ele é gay, e admite isso publicamente. Ainda, contesta as interpretações mais difundidas sobre o texto bíblico, que, em tese, condenam o homossexualismo. Polêmico, ele afastou-se recentemente da Assembléia para fundar sua própria igreja evangélica, a Acalanto. Depois de um culto, Orellana concedeu a ÉPOCA a seguinte entrevista.
PERFIL
Otavio Dias/ÉPOCA
Descrição: http://epoca.globo.com/imgnew/botao.gif Dados pessoais
Nascido no Chile, tem 31 anos e vive em São Paulo há 27. Assumiu a homossexualidade há sete anos
Descrição: http://epoca.globo.com/imgnew/botao.gif Trajetória
Formado em teologia no Instituto Betel, com pós-graduação em ciência e religião. Ordenado na Assembléia de Deus, saiu para fundar a própria igreja, a Acalanto

ÉPOCA - Por que falar publicamente sobre sua homossexualidade na condição de pastor evangélico?
Pastor Victor Orellana - Porque é um assunto velado dentro das igrejas e, por causa disso, ignorância e preconceitos são perpetuados. É necessário que o assunto seja debatido em toda a sociedade. O homossexual não é alguém que mora longe ou está do outro lado da rua. Ele pode ser um amigo nosso, um irmão ou um filho. Quanto mais conhecimento existir sobre o tema, menos sofrimento haverá para todas as partes envolvidas.
ÉPOCA - A homossexualidade e a Bíblia não são incompatíveis?
Orellana - De maneira alguma. Os homossexuais têm dificuldade de se ver aceitos por Deus porque as pessoas dentro das igrejas são preconceituosas. Mesmo os homossexuais religiosos têm preconceito. Muitos jovens entram em conflito porque pensam em exercer a espiritualidade cristã e as igrejas os impedem. São espezinhados, excluídos ou humilhados. Penso que a igreja não pode ser parcial nisso. Não pode escolher alguns e deixar outros de fora de seu rebanho. Ela é a representante de Deus na Terra e deve acolher a todos. Cristo jamais lançou fora ninguém, ele tem amor incondicional. Eu pessoalmente já passei por preconceitos quando fui ordenado pastor. Disseram-me que eu estava errado, em pecado.
ÉPOCA - Chegou a acreditar nisso?
Orellana - Nasci numa família evangélica. À medida que ia crescendo, maior era meu encontro com a fé. Entrei na Assembléia de Deus e no seminário para seguir o que senti ser um chamado de Cristo. Ao mesmo tempo, fui tomando consciência de minha homossexualidade. Desde criança tinha sentimentos por homens, mas os reprimia. Isso mudou quando estava na Assembléia e um dirigente de minha congregação, um homem mais velho, me assediou. Pensei: 'Porque eu me culpo a ponto de me anular, enquanto dentro da igreja há esse tipo de hipocrisia?' Decidi aceitar minha orientação homossexual.
ÉPOCA - Contou à família?
Orellana - Minha família sabe há sete anos. O rosto fechado veio da minha mãe. Toda mãe espera muito dos filhos. E se você se nega a cumprir as metas que ela planejou é como se destruísse seus sonhos. Mas sou existencialista, creio que cada um tem a própria vida para viver. Meus irmãos me compreenderam melhor.

''Pecado é ter a liberdade de escolher entre o bem e o mal e optar pelo mal. Ninguém escolhe ser homossexual. A orientação sexual é algo inerente ao indivíduo e a sua personalidade'
''A libertinagem e a promiscuidade são pecados porque agridem a dignidade da pessoa. Cristo nos dá o direito de nos guiar por nossas consciências e pelo amor. Pecado é não amar''

ÉPOCA - Como foi descobrir-se homossexual na Assembléia de Deus, uma das igrejas mais rígidas?
Orellana - Foi muito difícil. Eles acham que todas as pessoas nascem com uma orientação heterossexual dada por Deus mas alguns se pervertem. Acreditam que o ser humano não é, em sua essência, homossexual, mas se homossexualiza. Isso é ignorar a posição da ciência, que descreve a orientação sexual como algo inerente ao indivíduo e a sua personalidade. Muitos homossexuais crescem nesse ambiente religioso e crêem que fazem algo de errado. Acham que são perniciosos e buscam as igrejas para 'se libertar', anulando suas expectativas pessoais e condicionando-se ao modelo heterossexual. Os ex-gays, ou libertos, como eles se denominam, se condicionam. Mas, com toda a fé que têm, não conseguem sentir desejo por alguém do sexo oposto. Vivem como párias, excluem o desejo de sua vida.



ÉPOCA - O senhor testemunhou algum processo dessa suposta cura?
Orellana - Enquanto estava na Assembléia de Deus, vi testemunhos nos quais as pessoas diziam que Jesus as havia curado. Nos cultos, há muitos aplausos, 'glória a Deus' e 'aleluia'. Essas pessoas aderem sinceramente à fé. E, como a igreja lhes pede que renunciem ao pecado, elas acham que Deus quer isso mesmo. Assim, vão contra a própria natureza e buscam relacionamento com alguém do sexo oposto. Conheci fiéis que se casaram e descasaram bem cedo porque viram que a situação não é fácil de administrar. Mas os grupos que falavam em 'cura' dos homossexuais estão diminuindo, graças ao maior esclarecimento, que levou a mudanças no código social. As igrejas estão mudando o tom agressivo contra os gays. Agora há grupos que se denominam de auto-ajuda, não de libertação ou cura. A sexualidade é coisa inerente a cada um. Lutar contra isso é como lutar contra a cor dos olhos.

''A Bíblia fala que a igreja cristã não pode fazer discriminação de pessoas. Jesus instituiu uma nova visão de mundo, na qual não existiriam mais divisões por raças, homens livres e escravos''
Reprodução
RESSURREIÇÃO
Jesus e Madalena, de Tiziano Vecelli, século XVI
''Não podemos voltar a situações de vida obsoletas. Antigamente as minorias não tinham direitos, mas hoje há democracia, direitos humanos e conhecimento científico que deve servir à teologia''

ÉPOCA - A Igreja Católica perdoa os homossexuais, mas sugere que eles vivam em celibato. Como o senhor vê essa posição?
Orellana - A Igreja Católica ao menos reconhece a existência de homossexuais. Os evangélicos ainda crêem que as pessoas nascem heterossexuais mas se tornam homossexuais. Na verdade, ninguém escolhe a orientação sexual que tem.
ÉPOCA - O senhor tem um namorado, um parceiro?
Orellana - Já tive parceiros e um relacionamento estável. Mas, no momento, estou sozinho.
ÉPOCA - Freqüenta guetos homossexuais? Bares, boates, saunas?
Orellana - Vou a bares de vez em quando. Mas não freqüento saunas nem boates, ambientes em que se praticam a promiscuidade e o chamado sexo predatório. Vou a lugares nos quais encontro os amigos. Parte importante da vida é encontrar pessoas que pensam como a gente, que passam pelos mesmos problemas. Quero um cotidiano normal. Não quero viver em guetos, mas em lugares nos quais possa demonstrar afeto sem sofrer preconceito ou ser expulso.
ÉPOCA - O senhor acaba de fundar a própria igreja. Pretende celebrar casamentos de homossexuais?
Orellana - Sim. Antes de fundar a Acalanto, já casei dois amigos que me pediram a bênção. Acho positiva a parceria civil registrada porque ela reconhece uma relação verdadeira. E está na Constituição que o Estado não pode discriminar ninguém. Como o governo só confere direitos previdenciários a casais heterossexuais? Onde está a lógica disso?
ÉPOCA - A Bíblia tem passagens que condenam explicitamente o homossexualismo. Por exemplo: 'Não te deitarás com varão como se fosse mulher; é abominação' (Levítico, 18:22).
Orellana - O termo toevah, traduzido por 'abominação', indica na verdade uma impureza ritual, não algo intrinsecamente mau. Essa proibição está no mesmo nível do veto a comer camarão, ostra e carne de porco. A Lei de Moisés está repleta de conceitos arcaicos. Ela admite a poligamia, manda apedrejar até a morte homem e mulher adúlteros e ordena que o homem, mesmo se for casado, case com a mulher de seu falecido irmão quando ela ficar viúva. Ainda proíbe o uso de roupas com dois tipos de tecido e até mesmo misturar carne com leite - ou seja, bife à parmegiana era pecado. Essa lei contém uma irracionalidade que só poderia ser entendida no contexto em que foi escrita, séculos antes de Cristo. Ela visava exclusivamente ao povo judeu daquele tempo. Israel foi criada para ser uma nação com um código moral diferente do das outras nações, uma nação sacerdotal.
ÉPOCA - Mas, no Novo Testamento, o apóstolo Paulo diz que 'os injustos não herdarão o reino de Deus', incluindo na lista 'os efeminados e os sodomitas'. Critica também os homens que abandonam a mulher e se engajam em concupiscência com outros homens.
Orellana - Há um disparate da tradução, que se aproveitou de uma falsa equivalência entre os termos atuais e os que eram usados naquele tempo. Paulo criticava os romanos por sua libertinagem e chamava-os de 'doces' e 'macios', apenas. A palavra homossexual foi cunhada no fim do século XIX, e não tem nada a ver com o que se pensava no século I a respeito das relações entre homens. Paulo pensava em homens originalmente afeiçoados às mulheres, mas que se engajavam no pansexualismo romano, praticando a libertinagem em todas as suas formas. Paulo não tinha em mente o homossexual como se conhece atualmente, alguém que tem uma vida afetiva com uma pessoa do mesmo sexo. Portanto, não é correto transpor para os dias de hoje aquela advertência.

JOÃO LUIZ VIEIRA

Victor R. S. Orellana, é professor, teólogo, bacharel em teologia pelo Instituto Betel e com pós-graduação “Latu-Sensu” pelo CLAP - São Paulo-SP, fundador da Igreja Acalanto e conferencista nacional sobre o tema “Homossexualidade e Religião”

21 comentários:

leonardo disse...

entrevista otima e verdadeira prabens vitor

Pr. Rafael disse...

Bom, primeiro, temos que perguntar se este homem realmente foi nas aulas de Teologia. Segundo, Deus realmente nao discrima nenhuma pessoa, inclusive ele a chama para que venha, porém nao permite que fique do modo que esta. Ou seja, a Igreja do Senhor não discrimina ninguem, ela Ama todos de uma mesma forma, porem A Igreja é contra as ações, os pecados, porque Deus tbm é contra os pecados. Se não fosse assim, teriamos assassinos ainda, pedófilos e imaginem o restante, que nem preciso falar. Na epoca de sodoma e gomorra, o pecado que aflingia os olhos de Deus, era a idolatria e o homoseuxalismo. Deus odio tanto isto que destruiu as cidades. Mais isto que esta acontecendo neste momento, pastor gay... é uma profecia da volta de Cristo,...naqueles dias serão como nos dias de noé, casavam, bebiam...etc..tbm naqueles dias serão comos os dias de ló, quando ló saiu de SODOMA...lucas 17:26-28..ou seja no fim, na volta de Cristo, teremos uma evolução dos sodomitas, muitos homosexuais... Terceiro. Não podemos ir contra eles, e sim contra a pratica.

Victor Orellana disse...

Não se combate um conceito ou ideia, tentando desmerecê-lo alegando uma falta de teologia. É evidente que na Bíblia o "mores" muda, a moral, os costumes,etc. Me espanta gente que se presume saber tanta teologia destacar ensinos morais de um livro que está repleto de conceitos de época, como escravidão, poligamia (Salomão teve 1000 mulheres-700 esposas e 300 escravas para fim sexual, chamadas concubinas)É claro que ao destacar resulta em conveniência subjetivista, ora, se aplica o que se quer para os dias de hoje. Não existe maldade nenhuma em uma pessoa ter afetividade com alguem, mesmo que seja do mesmo sexo, já que o afeto é motivação da vida, agora, os que acham que não deve ser assim, e somente do modo orgulhoso como acham que tem que ser são mesquinhos, e neles repousa as contundentes palavras de nosso Senhor "Colocam fardos sobre os outros mas não querem carregá-los nem com um dedo" e esse farisaismo foi o pecado que JESUS sempre condenava, e ele nunca condenou a homossexualidade ou o afeto comum entre pessoas, seja de que nível for (maternal, filial, homofilia, etc)O profeta Ezequiel também fala qual era o pecado dos sodomitas “Eis que essa foi à iniqüidade de Sodoma, fartura de pão e próspera ociosidade teve elas e suas filhas, mas nunca amparou o pobre e o necessitado”, (16 :49) logo, se entende que esses pastores que engordam a custa das lãs das ovelhas que padecem são os verdadeiros sodomitas que Deus condenou, e são os verdadeiros sinais dos tempos de que o sal tornou-se insípido, pronto pra ser pisado pelos homens, nas palavras de Jesus.

Pr. Rafael disse...

Interessante o paragrafo descrito acima. Concordo do que disse sobre o pecado de sodoma em ezequiel, mais tambem nao podemos descartar o pecado que acontecia tambem naquela epoca. Eles deixaram faltar o pao ao necessitado e etc..estavam preocupados com suas luxurias, idolatrias, que acabou ficando longe de Deus, e começandos atos horrendos diante do Senhor.
Obs: Deixaram Deus de Lado, olha o que aconteceu.
Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu.
Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos.
E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis.
Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si;
Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém.
Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza.
E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.
E, como eles não se importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convêm;
Estando cheios de toda a iniqüidade, prostituição, malícia, avareza, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, engano, malignidade;
Sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes aos pais e às mães;
Néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, irreconciliáveis, sem misericórdia;
Os quais, conhecendo a justiça de Deus (que são dignos de morte os que tais coisas praticam), não somente as fazem, mas também consentem aos que as fazem.
Romanos 1:20-32

Victor Orellana disse...

Rsrsrsrs ...é patético como de repente, o pretenso pastor muda de Gênesis para Romanos,e faz uma miscelânea digna de pessoas pouco interessadas na exegese verdadeira dos textos. Claro que o apóstolo Paulo em Romanos estava ressaltando a cultura greco-romana e seu liberalismo, pois bem... Os gays nunca fizeram imagens em semelhança de homem corruptivel, nem de animais porque que eu saiba, já não existem mais deuses pagãos com aparência humana ou de animais para serem cultuados e também nunca deixaram o uso natural da mulher porque nunca gostaram desse "uso" e não podem ser condenados por isso, sem que Deus do Céu condene tais juizes, e quem dá essa interpretação são teólogos com responsabilidade social, como John Stott por exemplo, e outros.....e outra, os cidadãos de Sodoma não estavam procupados com sua "luxúria nem idolatrias", eles apenas tinham um costume semitico de não receber estrangeiros que era gravissimo em relação a cultura da época. Me parece que tal "pastor" (ou será que devo chamar "tosquiador"??) lhe falta a informação necessária a respeito da Bíblia que traz sempre a mão, e isso ttambém não quer dizer nada, porque os fariseus que mataram Jesus também diziam que amavam muito a Bíblia (mas a usavam para o mal)

Pr. Rafael disse...

caro victor, ja mais faltei com respeito o qual voce tem faltado comigo, mais tudo bem. Outra coisa nao sou tosquiador, muitos menos julgo ninguem, porque quem seria eu? só digo o que esta na biblia. Mais uma coisa, o que tem sair de genesis para romanos? são exemplos de quanto o povo ficou longe de Deus, procurando coisas desnecessarias. exemplos de hoje, homens e mulheres, que buscam versiculos ou ideias teologicas para se sastifazerem, e para se resguardarem dos tals atos. Mais a Verdade caro Amigo, muitas coisas saberemos diante do Grande Juiz. Perdou pelas ofensas, e que o Espirito Santo de Deus, seja nossa testemunho, tanto do meu ministerio, quanto do seu. Sem ramarcas e magoas, comentei o sei, não leve pro lado de insulto ou perseguição ou muito menos discriminação. Um grande Abraço de alguem que te Ama, e vai estar orando por voce. Sem mais. Encerro por aqui. Pr. Rafael.

Anja_Arcanja disse...

Bom, vou fazer uma pequena explanação da epístola aos Romanos:


Nos últimos dias tem-se feito um grande esforço para reforçar que a homoafetividade seja um pecado(subliminarmente se diz que seja maior do que os restantes pecados) e uma das passagens bíblicas mais utilizadas para reforçar isso no NT é a citada acima.

No entanto, ao olhar para o contexto da epístola aos romanos, veremos que a intenção da epístola não é condenar exclusivamente os homossexuais e sim demonstrar que todo homem está debaixo do pecado, necessitando da fé em Cristo para ser salvo.

Paulo cita, em pé de igualdade, outros desejos ruins pelos quais o homem que rejeita conscientemente a Deus é levado e a maioria deles não é sexual:

"Estando cheios de toda a iniqüidade, prostituição, malícia, avareza, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, engano, malignidade;Sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes aos pais e às mães;Néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, irreconciliáveis, sem misericórdia;"
Romanos 1:29-31

Veja então que embora Romanos condene a devassos e promíscuos (seja homo, seja hétero), também condena outros desejos, que alguns diriam mais “inocentes”, como desobedecer pai e mãe e até mesmo “ser sem misericórdia”.

De modo que ao tratar os gays sem misericórdia, muitos tem se posto na mesma condenação sobre a qual coloca o devasso, seja homo seja hétero, pois é sabido que a promiscuidade, nada tem haver com a orientação sexual, pois quantos "crentes e pastores" héteros ou homossexuais estão debaixo desta condição, a promiscuidade?

PORTANTO, és inescusável quando julgas, ó homem, quem quer que sejas, porque te condenas a ti mesmo naquilo em que julgas a outro; pois tu, que julgas, fazes o mesmo. Romanos 2:1


Concluindo, Romanos condena sim os devassos… e os “certinhos” também, pois quem quiser ser salvo por obras não pode falhar nunca.

A salvação está somente em crer em Cristo como Senhor e Salvador, essa é a diferença entre salvação e transformação de mente ou perdição e endurecimento dela.

... pois, que o homem é justificado pela fé sem as obras da lei. Romanos 3:28

Com Amor em Cristo,

Anja_Arcanja

Victor Orellana disse...

Tal "pastor" agora quer fugir pela tangente, dizendo que eu o desrespeitei e que ele não me desrespeitou, ao associar homossexuais a assassinos ou pedófilos, diz que é a Bíblia que diz que é pecado e não ele, que projeta tanto na Bíblia e em Deus o que acha que é pecado, rsrsrsrsr , ora, se ele absurdamente generaliza tudo e todos segundo tua visão tacanha e antiquada a respeito das coisas, porque não generalizar também né? Foi o que eu fiz , ao ressaltar a grande "generalização" dos pastores fundamentalistas e de como são vistos pela sociedade. Um pastor que vive de "achismos" ou "segue porque outros dizem o mesmo" pra mim não é pastor e sim tosquiador, ao invés de estudar e se atualizar para não cometer nenhuma torpeza oom seres humanos e assim passar por cima do mandamento-mór que é "amar ao próximo' e que daria de fato, sentido ao seu cristianismo. Vá se atualizar pastorzinho caduco, vai estudar sobre antropologia e psicologia, antes de querer estar diante de pessoas huamanas, e se puder, va até um grupo de Lgbts na tua cidade, apenas para dialogar, como Jesus com cetteza fazia, ao invez de arrogantemente se posicionar como sabe tudo e querer só vomitar suas pretensas verdades sobre os outros. Vá crescer como ser humano antes de tudo.

Israel Anderson disse...

Oi Anja!!! Cá estou comentando no teu blog. TO lendo aqui os comentários e, olha só, os mesmos argumentos pretenciosos e falaciosos de sempre. Será que esses que se dizem cristãos não são capazes de aceitar as pessoas como elas são? A julgar pelo que eu li nos comentários, não. Afinal, na visão dos tais 'representantes de deus', o tal amor de deus só existe para quem segue as tais regras, tão mutáveis quanto cada igreja que nasce a cada esquina.

Anja_Arcanja disse...

Oi querido... Tá vendo só como é sempre a mesma história? Sempre a mesma ladainha... e vamos radicalizar: SE DISSEREM QUE NÃO SE PODE ACRESCENTAR OU TIRAR UMA VÍRGULA SEQUER DA BÍBLIA (coisa que a propósito eu não faço, muito menos o pastor Victor, pois apenas usamos de hermenêutica e exegese para a interpretação correta das escrituras), terão de cumprir a Bíblia na integra, com todas as suas regras como por exemplo: apedrejar, matar, ter escravos, etc.. etc.. e vários outros etc... e jamais poderão falhar em uma vírgula sequer da lei, pois aos que se prendem à Lei, que cumpram a Lei, mas aos que necessitam apenas da graça resgatadora de Cristo, faço um convite: venham ter com Jesus no mar, venham todos vós que tem fome e sede de Justiça.

Deixo aqui um link de um texto que escrevi falando sobre Lei, graça e homoafetividade:

http://omundodaanja.blogspot.com/2011/08/uma-breve-explanacao-sobre-lei-graca-e.html

Bjux da Anja Israel... Grata por sua ressonancia.

Anja_Arcanja

Márcio Mendes disse...

Homoafetividade vai além da homossexualidade, homoafetividade não é pecado e não é isso que está sendo imposto pela mídia que execra a nossa possibilidade de ser sal da terra e luz do mundo.

Metanóia e reforma nos corações com o ESPIRITO SANTO já!

Anja_Arcanja disse...

Ser sal e luz agora virou sinônimo de ser juiz? este é o problema da igreja, JULGAR O QUE NÃO LHE COMPETE!

Reflexões teológicas disse...

A questão é delicada e portanto deve ser tratada com cautela e prudencia para não corrermos o risco de sermos juízes e tratar com desprezo um irmão. No entanto, não podemos negar as escrituras, revelação de Deus para nós.Um erro de interpretação influenciado pela teologia liberal pode levar o leitor a interpretar as escrituras e condiciona-la ao seus pensamentos e pressupostos. Oremos para que Deus ilumine nossa mente e coração para aceitar textos que vão de encontro a nós mesmos e assim nos arrependermos. Que o Senhor nos ajude.

Pr. Rafael disse...

Caro, victor, você só esta partindo para ignorancia. O pecado da homosexualidade é o mesmo de todos os outros. O problema é os homosexuais em grande parte, estão querendo que nós engolimos tudo. Estão querendo que a sociedade aceite. Uma pergunta; se a sociedade ou DEUS, viesse aceitar todas as abominações e pecados como estaria o mundo? como disse nao sou contra você, mais sou contra a sua pratica, como sou contra a pratica de assassinatos e também sou contra pedofilia. Amo o pecador, mais nao amo o pecado. Outra pergunta; Deus deixou uma ordem, .."multipliquem se na terra",..agora eu pergunto; teria como dois homens se multiplicarem?? vamos ler e adequar nossas vidas, na Biblia, "Palavra de Deus", nao vamos fazer ele adequarse a nós.
“Ora, assim como entre o povo houve falsos profetas, do mesmo modo haverá entre vós falsos doutores, que introduzirão seitas de perdição e renegarão aquele Senhor que os resgatou, atraindo sobre si mesmos uma pronta ruína. Muitos seguirão as suas dissoluções, por causa dos quais será blasfemado o caminho da verdade, e, por avareza, com palavras fingidas, farão negócio de vós, mas a sua condenação já desde há muito não repousa e a sua perdição não dorme". (II Ped. 2, 1-3).
Da uma lida nesse texto. Olha pessoal meditem na Palavra De DEUS. A volta de Cristo esta proxima, cuidados com falsos doutores. Porque a Palavras nos dias que nesses dias, farão para si mesmos doutores, com vãs doutrinas para si mesmos. Ou seja querendo mudar a palavra de Deus. Olha Deus ama todos que estão na terra....Mais por amar, ELe nos corrige..então enquanto há tempo volte ao Senhor. Não ande nas rodas dos escarnecedores, não se embriaguem, não pratiquem atos que entristece o coração do PAI, seja puro. Porque por cada palavra nossa daremos conta no final. Entao em vez de discutirmos, pregue o evangelho de Cristo, preguem sua vinda, preguem seu Amor..Nós teremos uma pergunta no julgamento final, esteja preparado para ela, nao vos deixam cair em seitas ou etc, que vao te levar para longe da Presença de Deus..Como disse antes, O Espirito Santo De Deus que seja nossa testemunha.., Querem saber algo, chequem os frutos...e conhecereis a arvore pelos frutos..nao junte o sagrado com o profano. Com Amor, Pr. Rafael.

Anja_Arcanja disse...

Reflexões teológicas, grata por seu comentário, vivamos um evangelho na completa dependência da graça.

Anja_Arcanja disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anja_Arcanja disse...

Amado pastor Rafael, obrigada por expressar sua opinião em meu blog, e esteja a vontade para opinar em outros artigos, sua visita aqui é sempre bem vinda.

Mas quanto a seu último comentário, não vou fazer uso de tréplica, pois, não vamos conseguir chegar a um denominador comum, antes digo que nos deixemos ser escravos do evangelho da graça e não do evangelho da Lei, pois a letra da Lei mata! Antes sendo nós libertos pela graça, deixemos que Deus impute a cada um seus pecados, e não usurpemos de Deus este prerrogativa, ou seja, não julguemos, pois com a mesma medida que julgar-mos seremos julgados. aA nenhum de nós compete julgar seu próximo, muito menos acusa-lo de estar em pecado, deixemos isto apenas para que de direito pode faze-lo, Deus, nosso único Juiz e Cristo, nosso advogado e mediador.

Com amor, Anja

Anônimo disse...

Oi Anja! Legal, gostei muito desse pastor.

Glauco disse...

E assim segue "deus", com seus representantes, cada um entendendo como quer, a seu interesse, o que seria a "verdade" deste "deus"! Um diz "a", o outro replica com "b", e o terceiro com "C", todos certos de estarem revelando a "verdade" deste ser mitologico, omisso, e que sumiu depois que inventaram a maquina fotografica ! Como disse um certo filosofo : Deus é um ser inventado por aqueles que acreditam nele, e gerenciado conforme a mesma vontade destes criadores ! Um abraço ao Victor Orellana .....

Glauco "

*** A moderação de comentários foi ativada. Todos os comentários devem ser aprovados pelo autor do blog. *** Censura cristã, que piada ***

Fernando C. B disse...

Pra mim, Victor Orellana é um apóstata...
Que Deus tenha misericórdia e te de oportunidade de mudança antes que se acabe sua vida, ou Jesus volte, pois quem deixa a fé e vive sua vida particular de forma insólita, o preço é alto a pagar, porém quem além de agir de tal forma ainda prega essa condição de vida contrária a bíblia como se fosse a original por Deus constituída, levando outras pessoas a mesma prática, sinceramente não sei se a misericórdia ainda pode alcançá-lo.

A biblia diz que até para os de Sodoma o rigor será menor, pois eles não viviam o tempo da graça que você está vivendo.

Que Deus tenha misericórdia de sua alma, pois diante dessa situação não posso esperar que sua vida seja boa nessa terra.
Só cabe a você decidir, e escolher o tempo ou caminho mais curto para voltar, para que a sua paga não seja a mesma dos sodomitas.
Por que Deus é amor, mas também é justiça e fogo consumidor.

Reflita sobre essa mensagem de forma coerente e sabia, espero que seja lâmpada e luz para ti.

Amém

Atenciosamente: Fernando de Carvalho Borges

Anônimo disse...

Nossa que pastor lindo! Eu me casaria com ele.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...