Pesquise artigos do blog:

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Guerreira Ferida



Anja, ó Anja cujas palavras são como uma espada.
E os lábios como uma flor delicada.
Cadê a mulher alada que voa sobre pensamentos desavisados e ingênuos?
Que torna o limite entre real e o devaneio?
Coisa possível, quase apalpável!
Anja abre suas asas, e seja como fogo e a água cristalina,
Pura e intensa!
Não deixe que ventos a empurrem para baixo. A chuva e os ventos vão passar!
Suas lágrimas e seu olhar para baixo faz que
O humano sem rumo fique mais cego.
E com certeza o Eterno a coloca em seus fortes Braços, e como uma ave que
Aprende a voar a joga para o alto!
Abra suas asas e voe lute contra o inimigo
Seja mais que possa do se pode imaginar, não se esqueça de que
Sua letra e sua marca são únicas.
Sem sua luz e sem sua alegria sapeca com certeza o mundo fica um pouco mais triste.

Seu admirador e fã Roberto dos ANJOS Freitas



Licença Creative Commons
Guerreira ferida de Roberto Anjos Freitas é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Brasil.
Based on a work at omundodaanja.blogspot.com.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...