Pesquise artigos do blog:

quinta-feira, 15 de março de 2012

(In)descrevendo-te

 

(In)descrevendo-te

Hoje é teu dia, sua primavera chegou! Homenageá-la com palavras, poemas, seria uma tentativa inútil de tentar demonstrar sua beleza. Beleza esta não externa, mas interna; a que vem do coração. Admirada és pela tua singular beleza de anja, beleza externa, digo. Mas a interna poucos conhecem. Muitos a amam, outros lhe odeiam pelos mesmos motivos… não suportam ver tua liberdade, e ao ver em você tudo o que queriam ser e ter lhe agridem sem ao menos dar-lhe chance de defesa! Mas outros lhe admiram e amam; e estes, tenho certeza, são muitos mais!

Hoje não tenho palavras… falta-me a escrita! E hoje também não quero tê-las… apenas quero falar-te o quão és importante pra mim e nossos filhos. Quão valiosa és pra nós! Diante de tudo que és, apenas em pensar descrever-te já me encabula. Portanto hoje eu não quero palavras, não as tenho, não cabem… não existem.

Quero apenas dizer e demonstrar o quanto te amo…
Você é para mim e nossos filhos a bussola, o norte…
És mãe, esposa, amante, anja e mulher
A mulher!

Anderson Luiz de Souza 

 

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...