Pesquise artigos do blog:

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Terceiro capítulo do livro Vinde Bendito


Gilberto Begiato

2º Princípio do respeito pela vida humana

“A vida humana é sagrada porque desde a sua origem ele encerra a ação criadora de Deus, e permanece para sempre numa relação especial com o Criador, seu único fim. Só Deus é o dono da vida, do começo ao fim, ninguém em nenhuma circunstância pode reivindicar para si o direito de destruir diretamente um ser humano inocente”.

(CDF, inst. “Donum Vitae, instr. 5) Não matarás (Ex 20,13)

O Chamado de Deus em nossas vidas passa por três momentos importantes:

Primeiro o sinal visível do amor por nós: a vida. Nossa existência é o sinal claro e evidente de que Deus nos chamou e escolheu.
“Antes que no seio fosses formado, eu já te conhecia; antes do teu nascimento, eu já havia te consagrado, e te havia designado profeta das nações” Jr 1,5

Portanto para a Igreja a vida humana deve ser respeitada e protegida de maneira absoluta a partir da concepção

Portanto a Igreja é contra o aborto e vê neste ato uma grave falta.

Assim a Igreja é contra todo tipo de afronta contra a vida:

- O homicídio voluntário;
- A eutanásia;
- O suicídio.

A Igreja vê a legítima defesa como um ato de amor a si próprio, portanto é um princípio fundamental da moralidade. Sendo assim, é legítimo fazer respeitar o próprio direito à vida.

A vida e a saúde física, mental, psíquica, são bens preciosos confiados por Deus. Importante entender que saúde deve ser visto de forma abrangente, não só a saúde física, mas também condições de vida que cada ser humano precisa para viver dignamente.

Portanto todo excesso seja na alimentação, na comida, bem como, o uso de drogas, bebidas põe em risco a própria vida e às vezes as dos outros.
 O segundo momento do chamado de Deus é a razão pelo qual Ele nos deu a vida: A felicidade!

Para que o homem seja feliz é preciso que tenha a Paz! Paz aqui não no sentido apenas da ausência de guerra, mas no sentido que o povo da bíblia dá a esta palavra: shalon!

A Paz para o povo da bíblia tem sentido amplo de bem-estar, harmonia com Deus e a natureza, consigo próprio, é benção, tranqüilidade, glória, riqueza, salvação e vida. Paz é estar bem de saúde, é concórdia na vida fraternal e familiar, é felicidade, é segurança, é confiança mútua, é morrer tranqüilo, só pode estar em paz que não está mal, não há paz para os maus, paz é justiça, é cura, etc. Resumindo a Paz é estar bem materialmente, espiritualmente e psicologicamente.

Toda violência existente na sociedade, assim como as guerras e a corrida armamentista são prejudiciais à vida e intoleráveis à felicidade e harmonia entre os povos.

O terceiro momento do chamado é a missão.

Todos são chamados a defender a vida como bem maior de Deus.

Das mãos de Deus recebemos a vida e agradecido retribuímos. Acolher principalmente àqueles que estão distantes da dignidade de Filhos de Deus. Defender a vida é realizar-se como pessoa. (cont...)

Siga as publicações de Gilberto Begiato pelo link: 

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...