Pesquise artigos do blog:

domingo, 29 de julho de 2012

O Sexo dos Anjos... Entrevista com Anja Arcanja




By Anja Arcanja e Carlos C. Cavalheiro



Muito se diz dos "sexo dos anjos" no sentido de que não tendo esses seres sexualidade, não haveria o que se discutir. Utilizando desse mote, e do uso no nick Anja Arcanja pela teóloga Rozana Madalena F. Souza, conhecida escritora, poeta, blogueira e controvertida e polêmica articulista, pensou-se numa entrevista com temas relativos à sexualidade, discutidos sob a ótica religiosa/teológica. A série de perguntas segue uma dinâmica fixa: cada tema possui três perguntas e três respostas. As perguntas serão todas feitas por Carlos Carvalho Cavalheiro, historiador, teólogo, poeta e folclorista. As respostas serão todas dadas por Anja Arcanja.


Acompanhem conosco o andamento e o resultado deste inusitado trabalho.


Grato


Carlos C. Cavalheiro.

PRIMEIRO TEMA: COITO ANAL

Algumas traduções bíblicas, como a de João Ferreira de Almeida, muito popular no Brasil, traz o trecho de 1 Tm 1:10, no rol de pecados e profanações, a sodomia. Também na primeira Epístola aos Coríntios, capítulo 6, versículo 10, aparece o sodomita como um daqueles que não herdarão o reino dos céus. O Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa define a sodomia como “coito anal entre indivíduos do sexo masculino ou entre um homem e uma mulher”. Podemos, então, afirmar que sob a ótica bíblica o coito ou relação sexual anal é pecado?
(Carlos Cavalheiro)

Carlos, vou tentar responder sua pergunta de forma sucinta e objetiva, mas fugindo um pouco do que havia lhe proposto, isto porque você não especificou se tratar de relações apenas homoeróticas e sim de forma mais ampla e geral (tanto homo como hétero), mas isto é apenas por enquanto certo? Em chegando ao ponto de tratarmos apenas da questão homoafetiva, estarei abordando o tema de forma mais profunda, mas por enquanto, vamos começar assim, dando o pontapé inicial. Vamos lá?

Você cita o verso 10 do capitulo 1° da 1° carta a Timóteo que diz:

I Timóteo 1:10
10 - Para os devassos, para os sodomitas, para os roubadores de homens, para os mentirosos, para os perjuros, e para o que for contrário à sã doutrina,(…)

Mas deixa eu citar outro texto para que possamos entender um pouco mais do que se trata de fato:
I Corintios 6:9
9 - Não sabeis que os injustos não hão de herdar o reino de Deus? Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas,
10 - nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus.

Então aqui podemos observar uma sentença: não herdarão o reino do céu!
Bem, sua pergunta se refere a palavra sodomia ou sodomita, e se é pecado; pois bem, tomando por base a bíblia (mas especificamente a LEI MOSAICA), posso afirmar que sim! Sim, é pecado! Mas sendo pecado posso afirmar que todos que praticam tal ato estarão condenados e não herdarão o reino do céu? Sim! Posso dizer seguramente que todos que praticam tal ato, estão condenados, mas não só quem tais atos praticam, mas também os que praticam idolatria (seja ela qual for), adúlteros, ladrões, avarentos, bêbados, maldizentes, etc., ou seja, pela lei, todos estamos condenados, pois não há um justo sequer: Romanos 3:23
23 - Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus;

Então se TODOS pecaram e destituídos estão, isto inclui sodomitas e fofoqueiros, ladrões e beberrões, idólatras e devassos, chicos e Franciscos! Mas então qual a solução para este entrave? Se estamos TODOS desligados, o que haveria de nos RELIGAR? O SANGUE DE CRISTO!

O Sangue de Cristo é o Re-ligare, e por intermédio deste sangue, somos justificados a alcançamos o beneplácito, o favor divino. Deus ao olhar para seus eleitos, não vê suas atitudes, não vê sua orientação sexual, não vê nossas falhas e pecados, mas sim, vê apenas o precioso sangue de seu Filho, sangue este suficiente para que Deus não impute sobre os que Ele escolheu, a sua Justiça, mas sim seu beneplácito. “Pois a Lei foi dada por intermédio de Moisés; a graça e a verdade por intermédio de Jesus Cristo”. (evangelho de João 1:17).  Este é o grande evento da Bíblia, toda a Bíblia aponta para este fato: a Verdade que se revelou em Cristo Jesus, Ele é a verdade. E por intermédio de seu Sangue, nos foi dada a graça e a lei se cumpriu em Cristo Jesus. Não necessitamos, portanto, estarmos sujeitos à letra da lei para nos achegarmos a Deus, não mais precisamos de sacrifícios. “porque pela graça sois salvos, por meio da fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras para que ninguém se glorie”. (Efésios 2:8,9). Nada podemos ou precisamos fazer para merecer a graça, pois graça é favor imerecido. Onde antes havia pecado, segundo a lei, hoje superabundou a graça. Deus vê todos na mesma condição, seja homo, seja hétero.  Mas o Sangue de Cristo nos purifica de todo pecado.

Bem, você poderá dizer que temos que procurar uma vida de “santidade e pureza” e que devemos nos abster de tais atos, porém eu replico: I Coríntios 11:6
6 - Portanto, se a mulher não se cobre com véu, tosquie-se também. Mas, se para a mulher é coisa indecente tosquiar-se ou rapar-se, que ponha o véu.
(Não só este verso de 1Co-11 mas todo o capítulo)

Quem hoje segue este preceito a não ser em poucas igrejas? Este é o ponto! Devemos procurar ver e entender o contexto histórico-crítico e cultural e não apenas o contexto imediato em que foi escrita a Bíblia para termos de fato uma visão clara sobre a questão. Não podemos de forma alguma nos prender a textos sem nos basear no contexto para termos o pretexto de privar-nos em dar e receber prazer.

Lemos em Tito 1:15
15 - Todas as coisas são puras para os puros, mas nada é puro para os contaminados e infiéis; antes o seu entendimento e consciência estão contaminados.

O senhor criou nossos corpos e nenhuma parte deles é naturalmente imperfeita. Deus nos criou para que tenhamos vida em abundância e vivamos com prazer, sexo anal é apenas uma das maneiras de se chegar a este fim (seja numa relação homossexual ou heterossexual).

Não há mal nenhum em se praticar sexo anal, desde que haja respeito entre o casal (homo ou hétero) desde que haja o principal na relação: RESPEITO! Porque da condenação, já estamos livres.

RÉPLICA

[Carlos Carvalho Cavalheiro]: Entendo perfeitamente o seu ponto de vista, mas gostaria de aprofundar o debate sobre alguns pontos, especialmente aqueles que divergem da teologia tradicional. Você citou o livro de Romanos para falar sobre o pecado que atinge a todos. Pois bem, Paulo em Romanos inicia o debate dizendo que todos estamos destituídos da glória e que seremos condenados, porque todos pecamos.  Esse discurso ele continua nos capítulos seguintes e vemos em Rm. 5.12 a repetição: “assim a morte passou a todos os homens por isso todos pecaram”. Seguindo a lógica do seu discurso, Paulo diz que o pecado entrou no mundo por um homem (Adão) e faz a analogia com Cristo, o homem pelo qual o pecado foi tirado do mundo. Diz ainda que a graça superabundou sobre o pecado. Mas no capítulo 6, Paulo inicia assim: “Que diremos pois? Permaneceremos no pecado para que a graça abunde? De modo nenhum. Nós que estamos mortos para o pecado, como viveremos ainda nele? “. Adiante, no versículo 6 do capítulo 6 do referido livro de Romanos, Paulo ensina que “o nosso velho homem foi com ele crucificado para que o corpo do pecado seja desfeito, para que não sirvamos mais ao pecado”. Bom, sendo assim, e tendo dito o mesmo Paulo em outras oportunidades que a sodomia é pecado, não devemos entender que o homem que aceita Cristo como seu Salvador deva abandonar tal prática? Com relação a sermos salvos pela fé e pelo sangue redentor de Cristo, isto se coaduna com a teologia tradicional (basta se reportar ao mesmo livro de Romanos, 3:24 -27). Entretanto, um ponto básico da Hermenêutica diz que não devemos ver um assunto isoladamente, senão se comparada a tudo o que a Bíblia diz a esse respeito. Desse modo, Walter A. Henrichsen[1] afirma que uma doutrina não pode ser considerada bíblica a não ser que resuma e inclua tudo o que a Escritura diz sobre ela. Com relação a doutrina de salvação, num contexto mais amplo, veremos que a fé e o sangue de Cristo dependem de outros fatores, como aceitação e arrependimento do pecador. O arrependimento, por exemplo, foi a tônica do discurso de Pedro no dia de Pentecostes (At. 2:37 – 38). Portanto, reconhecendo que a sodomia é uma prática pecaminosa de acordo com a Lei – e a Lei revela o pecado ao pecador (Rm 7.7), parece-me que justamente para que ele se arrependa – não haveria a necessidade, para se obter a graça da salvação, o arrependimento dessa prática? Por fim, se não há necessidade agora de observarmos nenhum preceito em relação ao pecado, por que Deus providenciou a expiação pela morte redentora de Seu Filho? Se o pecado seria tolerado depois de Cristo, qual foi a função de sua morte?



[1] HENRICHSEN, Walter A. Princípios de interpretação da Bíblia. São Paulo: Editora Mundo Cristão, 1997.

Réplica anja

Carlos, muito pertinente sua pergunta e sua avaliação, trazendo a tônica, a doutrina arminiana, que diz que devemos ser dignos de merecer a graça, algo contraditório, uma vez que a graça, é favor imerecido, concorda? Sendo assim, começo minha réplica citando alguns versos que trazem à tona a doutrina calvinista, esta sim, com muito mais embasamento nas Escrituras:

Salmos 139:16
16 - Os teus olhos viram o meu corpo ainda informe; e no teu livro todas estas coisas foram escritas; as quais em continuação foram formadas, quando nem ainda uma delas havia.
João 17:8,9
8 - Porque lhes dei as palavras que tu me deste; e eles as receberam, e têm verdadeiramente conhecido que saí de ti, e creram que me enviaste.
9 - Eu rogo por eles; não rogo pelo mundo, mas por aqueles que me deste, porque são teus.
Lucas 18:7
7 - E Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a ele de dia e de noite, ainda que tardio para com eles?
Romanos 8:33
33 - Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica.
Romanos 9:11
11 - Porque, não tendo eles ainda nascido, nem tendo feito bem ou mal (para que o propósito de Deus, segundo a eleição, ficasse firme, não por causa das obras, mas por aquele que chama)
Romanos 11: 5,6 e 7
5 - Assim, pois, também agora neste tempo ficou um remanescente, segundo a eleição da graça.
6 - Mas se é por graça, já não é pelas obras; de outra maneira, a graça já não é graça. Se, porém, é pelas obras, já não é mais graça; de outra maneira a obra já não é obra.
7 - Pois quê? O que Israel buscava não o alcançou; mas os eleitos o alcançaram, e os outros foram endurecidos.

Pois bem Carlos, note que citei vários versos procurando dar mais ênfase a carta aos Romanos, trazendo assim a tônica que nada podemos fazer para ser merecedores da graça e nem o arrependimento, somos capazes de ter se este não nos for dado por Deus:

Atos 5:31
31 - Deus com a sua destra o elevou a Príncipe e Salvador, para dar a Israel o arrependimento e a remissão dos pecados.
Ezequiel 36: 26,27
26 - E dar-vos-ei um coração novo, e porei dentro de vós um espírito novo; e tirarei da vossa carne o coração de pedra, e vos darei um coração de carne.
Ezequiel 36:27
27 - E porei dentro de vós o meu Espírito, e farei que andeis nos meus estatutos, e guardeis os meus juízos, e os observeis.

Ezequiel 11:19
19 - E lhes darei um só coração, e um espírito novo porei dentro deles; e tirarei da sua carne o coração de pedra, e lhes darei um coração de carne;

Tendo citado estes versos para mostrar nossa total incapacidade, pergunto, se Deus escreveu TODOS os meu dias em teu livro antes que nenhum deles existisse, como poderei fugir disto? Seria Deus tão injusto de por em meu coração um desejo em que, para estar em comunhão com Deus, devo abdicar de tal desejo?


NÃO!

Voltando um pouco mais, você me perguntaria: Mas você mesmo não me disse que sodomia é pecado? SIM! Pecado na lei mosaica, e para que serviu a lei? Simplesmente para mostrar nossa total incapacidade de cumprir os padrões pré-estabelecidos por deus, fazendo-se necessário,  o sacrifício vicário de Cristo.
Ou voltamos à Lei e a cumprimos na íntegra (sem tirar uma vírgula sequer), ou deixamos de fora toda a lei! Pois em se tentando cumprir a lei, falharmos numa vírgula sequer, seremos culpados por não termos cumprindo-a, entende? Então, como saber o que devemos cumprir e não devemos cumprir? Fácil! Tudo aquilo que me angustia a ponto de atrapalhar minha comunhão com deus, deve ser repensado, caso contrário, faça sexo anal, oral, homoerótico etc. e não carregue a menor culpa por isto.

Continuação da parte final da entrevista com o 1° tema na próxima postagem NÃO PERCAM!

____________________________________________________


Carlos Carvalho Cavalheiro - Nasceu em São Paulo em 09 de maio de 1972. Formado em História, Teologia e Pedagogia. Pós-graduado em Gestão Ambiental e em Metodologia do Ensino de História. Professor de História na rede pública municipal de Porto Feliz. Escritor e poeta, escreveu os livros: "A greve de 1917 e as eleições municipais de 1947 em Sorocaba"; "Folclore em Sorocaba", "Salvadora!", "Decobrindo o Folclore", "Scenas da Escravidão", "Histórias que não se contam mais - vol 1", "A História do Preto Pio e a fuga de escravos de Capivari, Porto Feliz e Sorocaba", "Histórias que não se contam mais - vol. 2", "O Peregrino do Caminho do Sol", "Moda da História de Sorocaba", "Vadios e Imorais", "O Mistério Revelado", "Memória Operária", "Folia de Reis em Sorocaba".
Foi co-diretor, juntamente com Adilene Cavalheiro, do documentário "Cantos da Terra".
Produziu os cds "Cantadores - o folclore de Sorocaba de Sorocaba e região" e "Passarela da Saudade" (Diolindo e Almeida).


Escritora e poetisa amadora e teóloga. Autora do blog “O mundo Da Anja” (http://omundodaanja.blogspot.com.br/), um blog que conta com diversas parcerias e articulistas, voltado a discutir religião, filosofia, teologia, ateísmo, homossexualidade, sexualidade humana, entre outros temas de relevância; e do blog “Poemas e contos eróticos da Anja” (http://anjaarcanja.wordpress.com/), um blog de cunho erótico. Escreve ainda para os blogs “confraria teológica Logos & Mythos”, "Vida Sofista" e   “Fragmentos Ativos”, além de ter textos publicados em vários blogs e sites.



Um comentário:

Paulor. Poletto disse...

Fica dificil analizar qualquer assunto misturando o A.T. com o Novo testamento. Já esta respondido velho testamento não tem valor. Ministério da morte e de maldição. Aquele negocio de vinho em odre velho e ou tremendo de pano novo........blablabla.....blablabla........blabla.bla.......

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...