Pesquise artigos do blog:

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Dopamina



 By Gustavo Saraiva

És minha dopamina
Droga insensível à dor.
Mas saibas que a dor ensina,
É ela quem guia meu amor...

Não posso me permitir ficar extasiado!
Preciso aprender essa lição,
O sentimento de desconforto,
É essencial ao coração!

Ela ensina, é mestra fiel!
A disciplina é rígida
E o método cruel...

Mas às vezes a situação é crítica
E para a vida adoçar,
Um pouco de fel é necessário tomar!

2 comentários:

flaviane disse...

nossa! muito bonito o poema!^^

Cosmonauta Cerebral disse...

Muito obrigado de vdd ^^

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...