Pesquise artigos do blog:

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Religião versus ateísmo (Anja Arcanja)





Todo fundamentalismo é ruim, todo exagero é péssimo (eu que o diga), mas, o fundamentalismo religioso  é o pior, porque diz dar vida, enquanto a suga; diz amar, enquanto discrimina; apregoa liberdade, enquanto apenas tem algemas a oferecer... e o pior, com uma base (possivelmente) falsa!

E o que tem acontecido nos tempos de hoje? uma avalanche de neo-ateus que ainda borram as fraudas com idade entre 15 e 21 anos ou até mais (seria esta a geração y?),atacando a religião com seu new-ateísmo sem sequer conhecer as bases da religião ou do deus-mito. Não entraram nas águas sequer para molhar as unhas encravadas e mau cheirosas dos pés e se colocam a atacar a religião, a bíblia e o deus que eles supostamente imaginam que não existe, mas, não tem base nenhuma para pensar assim.

Isto é o puro reflexo do fundamentalismo e intolerancia dos cristãos que, da mesma forma, não sabem nada de seu deus ou de sua religião e sequer conhecem sobre o livro que julgam ser sagrado. Apenas vomitam dos púlpitos seus conceitos e preconceitos (todos, absolutamente todos errados e contra a vida) para alimentar suas "ovelhas" que, alegremente engolem o vômito e tentam regurgitar nas bocas dos que se recusam a engoli-lo, tendo nojo e repulsa, mas as "ovelhas" bem mandadas, insistem e insistem e insistem! E terminam por acusar de rebeldes e doentes de alma pessoas que irão, irremediavelmente, se levantar ferozmente contra a religião, deus e o que mais lhes vier pela frente.

É um círculo vicioso! É um círculo vicioso!

O neo-ateísmo é um efeito "retardado" (no sentido pejorativo da palavra) da fé cristã, e o ateísmo explicito (que também não deixa de ter como causa primeira a crença) floresce em poucos com a razão.

Combati um "mau combate", abri meus olhos, larguei a fé, mas quero manter meu amor!



Um comentário:

Rodrigo Phanardzis Ancora da Luz disse...

Prezada Anja,

Interessante texto.

O que expôs não ignora um fato: as pessoas costumam muitas das vezes julgar/condenar (ou admirar) aquilo que elas não conhecem.

A humanidade precisa deixar de lado tal erro, o qual induz a inúmeros preconceitos. Inclusive porque alimenta a intolerância religiosa.

Abraços e tenha um ótimo final de semana.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...